03 de agosto de 2019   fotos: Renan Costantin
 
     
  Mão 2019 termina com mais de 700 congressistas  
     
 

O último dia do 39º Congresso Brasileiro de Cirurgia da Mão focou os debates em Mesas Redondas Internacionais – MRI e sessões de Cross fire. Também ocorreram palestras internacionais, além de premiação de trabalhos.

Pela manhã, o americano dr. Jeffrey Greenberg abordou o tema ‘Trauma de alta energia no carpo’. O Dr. Ronaldo Carneiro falou sobre tratamento cirúrgico na contratura articular dos dedos no primeiro módulo de palestras internacionais. Em uma sala paralela, o dr. Bruno Azevedo Veronesi falou sobre o seu Traveling fellow 2018 e o dr. Jayme Augusto Bertelli apontou os Déficits funcionais após lesão do nervo ulnar.

Durante a programação desse sábado, as MRI abordaram as doenças congênitas, a plexopatia neonatal, a dor no lado ulnar do carpo, fratura distal rádio e as fraturas de metacarpos e falanges. No debate de plexopatia neonatal, os convidados debateram casos de pacientes, analisando as técnicas cirúrgicas e qual o melhor momento de se iniciar um tratamento. “Depois de estudos, pesquisas e anos de experiência, opto por aguardar para cirurgia a partir dos 7 meses, com acompanhamento e avaliação até lá. Desde o nascimento, a criança com este tipo de lesão deve ter supervisão médica”, afirmou dr. Jayme Bertelli, um dos integrantes da MRI.

Nas sessões de cross fire, as discussões foram duas: Fratura do escafoide - Percutâneo X Conservador e Liberação do túnel do carpo – Aberto X Endoscópico. No último módulo de palestras internacionais do dia, os especialistas de língua espanhola, dr. Francisco Soldado dr. Jorge Clifton falaram sobre Deformidade de Sprengel - Liberação endoscópica e Reconstrução da mão x Amputação no trauma grave, respectivamente.

A premiação dos melhores trabalhos aconteceu no encerramento do Congresso de 2019. Entre palestrantes, congressistas e expositores, esta edição recebeu mais de 900 pessoas, durantes os três dias de evento.

Para o presidente do 39º CBCM, dr. Milton Pignataro, esta edição reforçou o evento como o maior da especialidade em toda a América Latina. “Foi muito gratificante ver as salas lotadas e a integração dos congressistas com os especialistas nacionais e internacionais. Tivemos 720 inscritos, 8 países participantes e 24 estados brasileiros presentes. Tivemos um evento enriquecedor, de atualização e congraçamento. Agradeço a todos a intensa participação e desejo um ótimo retorno a vocês”.

O presidente da SBCM, dr. Marcelo Rosa de Rezende, destacou a programação científica e empenho da Sociedade nos eventos. “Neste 39º Congresso tivemos a constatação de que a Sociedade está ainda mais forte. Os eventos estão se tornando cada vez maiores e melhores. Os convidados deram um altíssimo nível científico nas discussões e tenho certeza de quem teve a oportunidade de vir a Gramado está muito satisfeito”.

O 40º Congresso Brasileiro de Cirurgia da Mão será realizado em agosto, entre os dias 6 e 8, em Belém – Pará, e será presidido pelo Dr. João Baptista. Para a nova gestão, o presidente atual é enfático em seus conselhos: “Sempre devemos observar as estratégias que deram certo com a certeza de que sempre é possível fazer melhor”, afirma dr. Marcelo Rosa.

 
  Destaques do evento  
   
  Entrevistas Redes Sociais Save the Date  

Galeria de Fotos

 

     
 
Dr. Jeffrey Greenberg em palestra sobre
o trauma de alta energia no carpo
  Mesa Redonda Internacional
sobre patologias congênitas
     
 
Congressistas nos estandes do Mão 2019   Mesa Redonda Internacional sobre plexopatia neonatal
     
 
Vencedor do Trabalho de Temas Livres (Estrangeiros)   Dr. Ronaldo Carneiro, presidente de Honra do Mão 2019